eleicoes 2019Para poderem exercer o seu direito de voto, os cidadãos portugueses residentes na Federação da Rússia, na Arménia, na Bielorrússia, no Quirguistão, no Tajiquistão e no Uzbequistão devem estar devidamente recenseados nos cadernos eleitorais da Secção Consular da Embaixada em Moscovo

Todos os eleitores devem verificar se os dados do seu recenseamento estão corretos e atualizados.

A votação para a Assembleia da República para os cidadãos eleitores residentes no estrangeiro decorrerá por via postal, sendo por isso determinante que estes dados se encontrem corretos. Nos termos da Lei Eleitoral Portuguesa, o recenseamento eleitoral é suspenso 60 (sessenta) dias antes do ato eleitoral, pelo que no que respeita à votação para as próximas Eleições Legislativas, o referido prazo terminará no início do mês de agosto.

Para mais informações aceda a http://www.cne.pt/faq2/116/3 ou contacte a Secção Consular da Embaixada de Portugal em Moscovo.

  • Partilhe