O 7º Festival de cinema português de Moscovo realizar-se-á entre os próximos dias 5 e 10 de dezembro no emblemático Cinema Illuzion.

O público de Moscovo seguirá os trilhos da mais recente cinematografia portuguesa, numa seleção norteada pelo cuidado estético diferenciado. Entre as 6 longas-metragens encontram-se: Snu (Patrícia Sequeira), Chuva é cantoria na aldeia dos mortos (João Salaviza), Variações (João Maia), Pedro e Inês (António Ferreira), Aparição (Fernando Vendrell), e Labirinto da Saudade (Miguel Gonçalves Mendes).

A iniciativa deve-se ao Camões, IP, e à Embaixada de Portugal em Moscovo, em estreita colaboração com o cinema Illuzion.

"Estou certo que esta oferta cinematográfica portuguesa irá surpreender muitos aficionados da Sétima Arte em Moscovo, pela sua beleza e profundidade narrativa, pela sua extraordinária fotografia e edição, pela complexidade e ao mesmo tempo simplicidade dos personagens e contextos, pela singularidade na abordagem de problemas afinal tão comuns aos nossos dois países. Este “olhar português” sobre o mundo de hoje, numa fita de tempo e espaço, irá surpreender certamente o “olhar” do exigente público da capital da Rússia.”

Paulo Vizeu Pinheiro
Embaixador de Portugal em Moscovo

Para mais informação: http://illuzion-cinema.ru/event-1081/?fbclid=IwAR0T4ObutedfWD20b8YwNwRYjJrbAlqXmJSVEImnnfL2m47hCAOm7T4YzUQ

  • Partilhe